CUIDADO: Seu Atendimento está Demitindo o Seu Cliente

Na semana passada fiquei estarrecida com as atitudes de um prestador de serviço terceirizado. Como devemos manter a ética e a disciplina nas redes sociais, manterei como confidencial o nome da empresa.

Durante a minha trajetória profissional tive a oportunidade de trabalhar em uma empresa de Consultoria Contábil e ocupava uma posição de representatividade perante aos Clientes. Desta forma após o que vivenciei recentemente e a forma que eu lidava com os meus clientes, decidi escrever este artigo.

O objetivo não é fazer reclamações do ocorrido, mas despertar o empresário para algo que possa acontecer sem que ele perceba e do como é importante estarmos atentos ao nosso atendimento.

Como a história do casal que se mudou para um conjunto de casas. “Na primeira manhã, sentados a mesa da cozinha, a esposa observava a vizinha pendurando lençóis no varal e comentou com seu marido: Veja que lençóis sujos da nossa vizinha! Se eu tivesse intimidade certamente indicaria um sabão melhor para ela! A cada dois dias a mulher repetia o mesmo comentário, até que domingo ao observar a vizinha ela se surpreendeu: Olhe Amor! Finalmente nossa vizinha trocou o sabão, a roupa está clara! E o marido secamente disse: Na verdade eu lavei as nossas vidraças!”

Enquanto estive na posição de prestador de serviços sempre procurei atender os clientes com cordialidade e observando as diretrizes recomendadas pelo meu Diretor Presidente. Afinal, eu e demais gestores fomos contratados para dar continuidade do atendimento do “dono”.

Porém o que considero comum tanto na posição de contratante como na posição de contratada é uma regra de ouro muito conhecida:

Devemos tratar as pessoas e/ou empresas como gostaríamos de ser tratados.

E minha Pergunta para quem lida com Clientes é:

Como você Trata Seu Cliente?

Sabemos do reboliço da Crise instalada no Brasil. Muitas empresas já estão buscando para o próximo ano mais qualidade, melhor atendimento e menores custos.

Cada cliente será ainda mais importante em 2016. Somente as preocupações já deixam o empresário chateado, logo, a última coisa que ele quer é se aborrecer com prestadores de serviços.

E perceba, estou me referindo aos serviços que contratamos porque querermos terceirizar, economizar ou ainda, não nos aborrecemos com algumas áreas dentro de nossas empresas.

Porém não basta só analisar seu tratamento com seu cliente. Para garantir a sua continuidade tenho mais uma pergunta:

Como Você trata o Seu Colaborador?

Por que estou perguntando isso? Porque somos todos humanos! Se você distrata seu colaborador ele automaticamente acredita que você age assim com os seus clientes! E o que ele faz? Replica a arrogância, a falta de respeito e intolerância.

Em suma, o ambiente harmonioso é o melhor lugar para treinar as pessoas buscando o melhor atendimento dos Seus Clientes.

O que traz Receita para uma empresa de Soluções é o CLIENTE, mas que os mantém é o ATENDIMENTO e NÃO O SERVIÇO.

Serviço todos fazem!

Como Você treina Seus Colaboradores?

Treinamento essencial como: atender um telefone, não mastigar enquanto fala com um cliente, não alterar o tom da voz, não passar uma informação errada, e ainda, respeitar as dificuldades e limitações dos contratantes.

Ter a seguinte máxima: “Se o SEU Cliente Soubesse ou Quisesse fazer, ele não te contrataria.”

Treine sua equipe para ser cortês, educada, polida, evitar a intimidade, padronize a qualidade, incentive confiabilidade e ética!

E aproveite o final do ano para fazer a pesquisa de qualidade do atendimento.

Como você avalia o atendimento que seus colaboradores prestam?

Lembre-se só há uma forma de corrigir erros: Tomando Conhecimento Deles.

Faça uma pesquisa e garanta o seu crescimento no próximo ano!

Leave a Reply