EQUILÍBRIO – A PERFEITA CONEXÃO ENTRE ESPIRITO MENTE E CORPO

É fato que a organização é uma das principais ferramentas de sucesso em qualquer área da vida. Muitas pessoas conseguem desenvolver uma perfeita organização financeira, outras têm grande facilidade com a organização do tempo, muitos são exímios organizadores de espaço. Na verdade, estamos sempre procurando meios de deixar nossa vida mais organizada, até porque acho que é ponto comum a certeza que uma vida organizada é mais prazerosa, harmoniosa e tranqüila. Ocorre que, às vezes, é muito complicado estabelecer um padrão de organização que seja realmente eficaz e quase sempre culpamos fatores externos pela nossa desorganização, tais como o tempo, o meio, as outras pessoas, entre tantos outros. Porém, eu realmente acredito que a grande muralha que nos impede de transformarmos a organização em algo natural e inseri-la em nosso ritmo diário é a falsa idéia que temos sobre esse assunto; digo isso, pois imaginamos que a organização seja uma ação gerada por nosso raciocínio lógico e executada no âmbito físico. Acredito, porém que a organização eficaz transcende padrões físicos e ambientes internos; nasce da perfeita conexão entre o espírito, a mente e o corpo. Precisamos criar uma corrente ontológica que equilibre nossa vida de dentro para fora. Quando alcançamos esse equilíbrio interior, assumimos o controle de nossa mente e conseguimos dominar nossos instintos de forma a estabelecer uma perfeita engrenagem metafísica, e assim, podemos nos posicionar de forma a conquistarmos a capacidade máxima de nossos sentidos estabelecendo a sintonia perfeita entre nós, o ambiente e a natureza criadora. Esta sintonia é, em síntese, a verdadeira religião, que é o homem (criatura) religado a Deus (natureza criadora) e por fim encontramos um círculo virtuoso de plenitude de vida onde descobrimos o propósito de nossa vida e despertamos para “o ser” e não para “o ter” (assunto já abordado em publicações anteriores). Hoje quero desenvolver alguns fatores importantes em busca da organização interior e do equilíbrio entre espírito, mente e corpo e convido você a vivenciar essaMETANOIA e deixar sua vida mais leve e feliz!

Parêntesis

Sou cristão e um assíduo estudioso das escrituras sagradas. Por essa razão, farei uso de alguns pensamentos descritos na bíblia que corroborem para meus argumentos, porém ressalto que, trata-se de um artigo que demonstra técnicas  comportamentais que, se bem aplicadas, podem ser utilizadas sem qualquer cunho religioso por cristãos, agnósticos, ateus ou adeptos de qualquer prática religiosa, filosófica ou espiritual tendo este uma mudança significativa e positiva em sua vida.

  1. Assuma o controle

 Do momento que somos concebidos, sofremos um bombardeio de informações. Essas informações podem ser genéticas ou externas, vindas principalmente do meio no qual estamos inseridos e por mais que possamos acreditar que determinada atitude que tomemos seja essencialmente racional e consciente, a formação do pensamento sempre vem carregada de informações que chamarei debagagem. Essa bagagem que vai se acumulando em nosso subconsciente e o amontoamento dessas informações nunca é racional, mas carregado de sentimentos, na maioria das vezes,  traumáticos de situações que vivenciamos ou espelhamos a partir das informações genéticas. Isso ocorre por que nosso subconsciente trabalha de forma a agirmos de forma preventiva tentando nos proteger de situações que, no passado, geraram traumas e ou foram negativas para nossa auto-estima ou personalidade. Ocorre, porém que, essa equação é repleta de variáveis, entre elas o tempo, o ecossistema, o contexto e a paixão do momento. Assim, não é porque a atitude tomada em um determinado momento terá o mesmo resultado num outro momento. Esse é o motivo que devemos treinar nossa mente de forma a controlarmos as informações geradas pelo subconsciente para que possamos agir da forma mais eficaz possível, sem a interferência de sentimentos e ou traumas passados. Mas como isso é possível? O apóstolo São Paulo escreveu aos Romanos (Romanos 12:2), dizendo que eles precisavam renovar a sua mente, só você pode renovar a sua mente e isso só é possível através de seu eu interior, ou seja, seu espírito. Parece complexo, e é essa a grande dificuldade que vivemos num mundo físico e sofremos interferência deste mundo, porém desde sempre os pensadores filósofos e estudiosos entendem que possuímos um eu interior, nosso homem espiritual. Platão, por exemplo, tem a seguinte frase:

O corpo humano é a carruagem. Eu, o homem que a conduz. O pensamento, as rédeas. Os sentimentos, os cavalos. 

 Perceba que ele distingue o corpo matéria, do pensamento que é a mente e que é movida pelos sentimentos (traumas e paixões), e fala do eu interior o homem espiritual que é quem deve conduzir e dar rumo para sua vida, enquanto não crermos nessa premissa e entendermos a necessidade de controlar as nossas emoções e sentimentos, nunca nós conseguiremos nos organizar como um todo. O exemplo que Platão descreve acima ressalta exatamente essa organização interior.

Esse controle pode ser alcançado a partir de uma busca espiritual e um afastamento do material. Não quero com isso dizer que você deve fazer um voto de pobreza, mas que sua preocupação tem que haver mais com o SER do que com o TER. A real prosperidade é conseqüência de uma vida redescoberta por um propósito bem definido, precisamos começar a ser gratos pelo que temos recebido e não ingratos ou insatisfeito por aquilo que nos falta, pois se ainda nem temos como saberemos que será bom para nós. Mais uma vez, não quero aqui dizer que você deve viver uma vida medíocre e acomodada, mas sim que a vida deve ser livre de medos e ansiedade e tendo o foco na fé, na certeza que o que você deseja está a sua disposição e no tempo certo será se. Nesse instante quero ressaltar aqui a lei da semeadura, aquela que define que você colhe aquilo que planta; pois é, não adiante plantar quiabo e desejar ansiosamente colher uvas, assim fortaleza seu espírito praticando as seguintes ações simples e eficazes:

  • Seja Gentil;
  • Pratique a paciência;
  • No que depender de você tenha paz com todos;
  • Preze pela ética;
  • Sorria;
  • Diga não para sua mente, não andando de acordo com sua condição ou com o meio em que está inserido, mas sim conforme a sua constituição, por aquilo que você acredita e deseja para sua vida, a palavra conforme aqui deve ser entendida de forma literal. Assim, tome a forma, o formato daquilo que você deseja para sua vida aja de acordo com o que você deseja e não de acordo com sua condição atual, isso é andar pela fé!

2. Carpe Diem

 O termo acima é de autoria do poeta romano Horácio em sua carta poema para sua possível amiga Leoconoé. Seu conselho para Leoconoé era: Carpe diemquam minimum creddula pôster, ou: colha o dia e confie o mínimo no amanhã. Seja o amanhã que esperamos bom ou ruim, ele ainda não existe, não foi escrito, por isso não é digno de confiança. O hoje, porém, está sendo redigido nesse momento então o aproveite da melhor forma, use o hoje para seu crescimento, construa o alicerce do amanhã, cresça espiritualmente, busque o domínio próprio, cultive bons hábitos para o corpo, infelizmente pensamos sempre de forma material, o que vais ser amanhã, o que teremos conseguiremos realizar nossos sonhos? Porém, o apostolo Tiago, primo de Jesus ao escrever sobre isso afirma que não sabemos nem se estaremos vivos amanhã! Sabe, nos procuramos planejar nossa vida financeira, nossa carreira, planejar o futuro dos nossos filhos, mas acabamos nos esquecendo dos cuidados básicos com nosso corpo, de nada adianta eu dominar a minha mente, mas destruir meu corpo. Vamos sacrificando nosso corpo, nos alimentando de forma errada, praticando o sedentarismo, tudo projetando um futuro melhor. Não nos preocupamos com o futuro de nosso corpo (matéria) e quando somos afligidos por doenças, de quem é a culpa? Claro que de Deus! É sabido que a maior parte das doenças é de origem psicossomática, causadas pela falta de um treinamento mental que saiba filtrar sentimentos e emoções negativas, outro tanto dessas enfermidades são causadas por comportamentos errados, falta de atividade física, alimentação inadequada, assim, até mesmo as enfermidades de responsabilidade genética, podem ser controladas e curadas pelas boas praticas mentais, alimentares e físicas. Com a mente organizada, organize seu corpo, separe um tempo para caminhar, oxigenar pulmões e cérebro, olhe a sua volta, observe, busque sinais, eles estão por todo lado, mas que sinais são esses? São indicações, oportunidades, dadas por Deus, para que possamos crescer e ter uma vida mais feliz, mas que porém acabamos não enxergando pois nos cegamos por problemas e situações que trazem dor e ansiedade, foque nos seus objetivos, tome as rédeas do pensamento, conduza sua história, crie pausas durante o seu dia, respire, ore, medite, faça alongamentos, relaxe…Você sabia que enfezado significa cheio de fezes, ou com fezes presas? Está aí o motivo de seu mal humor, um organismo mal cuidado retém toxinas, que causam mal estar e até dores pelo corpo, esta é a razão de termos uma boa alimentação e o relaxamento, alongamento e as atividades físicas em geral auxiliam na liberação dessas toxinas e trazem mais leveza e prazer para a vida!

3. Desenvolva hábitos bons e saudáveis.

 Tem uma frase muito interessante do monge alemão Thomás Kempis que diz que o habito é vencido pelo habito, volto a afirmativa de São Paulo, com relação a renovação da mente, renove-a, vire o jogo, troque antigos vícios e maus hábitos, por novos e bons hábitos, habitue-se a ser feliz independente da situação que esteja, habitue-se a tirar pelo menos 01 hora de seu dia para  Deus, tenha um tempo de qualidade dedicado a oração, a meditação e ao crescimento espiritual, cultive boas ações, nós sempre desejamos que as coisas boas aconteçam conosco, que deus mande o auxilio no momento de dificuldade que o jogo vire a nosso favor, então vamos começar, deseje ser um abençoador antes de ser abençoado, nunca negue fazer o bem se estiver ao seu alcance fazê-lo! Leia  mais, dedique-se ao estudo, tire ao menos 1 hora de seu dia ao aprendizado, seja uma nova língua, uma especialização, leia bons livros, separe um tempo pra a pratica de atividades físicas mens sana in corpore sano, já dizia o poeta romano Juvenal, a tradução exata deste poema é deve-se pedir em oração uma mente sã em um corpo saudável, quantas vezes ficamos a pedir coisas tolas e matérias que não terão valor algum sem saúde física e mental! Por fim tome por habito fazer o que você faria se estivesse hoje na posição em que almeja, o filosofo grego Epicteto disse certa fez:

Se pretendes fazer alguma coisa, transforme em hábito a tua pretensão. Se não pretendes, abstém-te de fazê-la.

 Espero que tenham tido uma excelente leitura, porém o espaço é curto para o volume de informação que abrange este tema, assim me coloco a disposição para debatermos esse assunto de forma mais abrangente! Paz e prosperidade – Carpe Diem!

Sobre o autor: 

twitter: @souzamauricio15   /  Youtube: projeto Nuvem de Graça

Leave a Reply